sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Entrevista com a querida Isabel - Blog Simplesmente Berlim

 A Isabel é uma querida, sempre alegre, simpática, super atenciosa, dedicada e que vive hoje em Berlim. Ela conta que a primeira vez na cidade foi a trabalho, ficando aproximadamente 2 meses. Ela trabalha como guia turística e ama escrever sobre a cidade e mostrar tudo de bom que nela é possível fazer. Ela falou mais das suas preferências nessa bela cidade, sua vida e muito mais, numa conversa bem descontraída:

1 - Primeiro de tudo, me conta por que escolheu Berlim para morar. 

 Eu vim a primeira vez a Berlim a trabalho, fiquei por aqui cerca de 2 meses e depois retornei para o Brasil. Mas um rapaz (alemão) que trabalhava na mesma empresa foi pouco tempo depois enviado para o Brasil para trabalhar no mesmo projeto que eu. Daí começamos a namorar. Ele retornou para Berlim e ficamos em um relacionamento a distância, com ele indo me visitar e eu vindo visitá-lo algumas vezes. Daí, resolvemos que queríamos continuar juntos e vim para Berlim com a idéia inicial de ficar 1 ano e depois voltarmos para o Brasil. Mas o tempo foi passando e eu fui ficando. E cá estou eu, depois de 13 anos (rsrsrs)

 2- Como foi para ti chegar aí e ver que as lojas e supermercados fechavam as 18h durante a semana e no sábado às 13:00/14:00h ? 

Conta um pouco sobre isso. Um choque!!!! Eu morava em São Paulo antes de vir para cá, onde o comércio funciona praticamente 24 horas. Então não temos que nos preocupar muito se falta algo ou não, pois a qualquer momento podemos sair para comprar. E aqui não era assim, fui pega querendo ir comprar algo, mas já estava tudo fechado. Mas hoje já está bem melhor e a gente vai aprendendo como funciona e se adaptando aos hábitos locais. Aqui a cultura é outra, o foco não é tanto o comércio, o consumo. As pessoas valorizam mais a cultura. Ainda hoje, shopping centers são fechados aos domingos (só em determinados domingos, já pré-estabelecimentos pela administração governamental, que abrem)
 3 - Achei bem interessante a questão do brunch em Berlim. Comenta mais disso. 

 Ah isto é algo que acho muito legal! Aqui é muito comum este "café tardio" e são oferecidos pelos restaurantes nos finais de semana. É uma mistura de café da manhã com almoço, pois há coisas variadas no buffet e geralmente vamos mais tarde, lá pelas 10:00, 11:00, às vezes 13:00hs. O mais gostoso é a "falta de pressa" do dia-a-dia, o encontro com os amigos, o ficar jogando conversa fora. E de repente depois esticar com um passeio pela cidade, quem sabe ir a uma das diversas feiras de antiguidade ou se for verão para alguma das inúmeras atividades a céu aberto que acontecem pela cidade.

 4 - Berlim tem muitos eventos e feiras, como você citou no blog. Quer comentar um pouco das coisas preferidas para você? 

Pois é, como eu disse acima aqui valoriza-se bastante a cultura, então tem sempre algum evento na cidade: seja cultural, esportivo, tradicional, etc. No verão acontece muita coisa à céu aberto. E, independente de estação, tem as feiras de antiguidade nos finais de semana. Em termos de eventos, alguns que gosto bastante: a maratona de Berlim (apesar de não correr!!), que acontece no final de setembro, pois é uma atmosfera muito gostosa; o Festival of Lights em outubro que já fico na expectativa para ver como serão as iluminações; e minhas queridas feiras natalinas.

5 - Conta um pouco das coisas que você gosta de fazer em Berlim em cada estação do ano. 

 Primavera: visitar o Festival das Tulipas, a alameda das cerejeiras japonesas, andar pelas ruas e parques e ver tudo florido, a natureza "acordando" do longo inverno. Verão: Tomar uma cervejinha em um Biergarten (rsrs) Outono: Apreciar as cores do outono, as folhagens em tons amarelo e avermelhado. É algo que não temos no Brasil e mesmo depois te tanto tempo por aqui ainda me encanta. Inverno: Se estiver nevando (pois aqui não neva sempre, ou seja, todos os dias do inverno), estar do lado de fora e sentir os floquinhos caindo, andar em um parque e ouvir o barulhinho que faz ao andar na neve fresca. E se estiver muito frio, ficar em casa, no quentinho... de repente tomar um Glühwein (vinho quente).


6 - Teu blog realmente é muito completo, com muitas dicas e informações importantes da cidade. Como foi que decidiu começar ele?

  Eu já tive outros sites/blogs relacionados com outros temas. E conversando com parentes ou amigos sobre ter uma determinada atração aqui ou de ter feito isto ou aquilo às vezes me diziam para colocar isto em um blog, pois seriam dicas de quem mora aqui, o que nem sempre se encontra em qualquer guia de viagem. Então eu resolvi fazê-lo! E ao escrever eu procurei colocar as coisas que eu, quando viajo, busco na internet ou em um guia de viagens, o que eu sinto necessidade para visitar uma cidade.

7 - Em relação ao idioma alemão, como foi para ti aprender ?

 Difícil (kkk)!! Eu fui para a escola, fiz curso de alemão para aprender a ler, escrever e não somente falar. Mas se tem uma boa maneira para aprender é estando aqui, pois tudo a sua volta é alemão. Para mim é um aprendizado constante, continuo aprendendo.


 8 - Você é vaidosa com cosméticos e makes?  

Sabe que não muito. Eu basicamente utilizo hidrante no corpo que vario o tipo/marca dependendo da época aqui - no verão, algo mais leve e no inverno gosto das manteigas hidratantes da The Body Shop. No rosto uso mais produtos da La Roche Posay, pois tenho pele mais oleosa com tendência a espinha. E maquiagem no dia-a-dia é uma base, um lápis e batom. Só para sair que posso dar uma caprichada maior.

9 - O que você gosta de vestir? Conta detalhes sobre o teu estilo.

No dia-a-dia eu prezo mais pelo conforto. Mas gosto de um estilo feminino, vestidos, saias - o que estiver na moda, desde que caia bem em mim - não vou usar algo que esteja na moda, mas que acho que não caiu bem ou que combine comigo.

10 - Me conta mais do “LP12 – Mall of Berlim”. Você já foi nesse shopping muitas vezes?

 Sim, já estive diversas vezes lá. Na minha opinião o melhor shopping de Berlim, é grande, tem boa variedade de lojas.



11 - Em relação a tua alimentação, o que mais gosta? e sentiu muita diferença quando chegou aí?

  Ah, sem que eu me desse conta meu corpo sentiu bastante no começo. Cheguei aqui final de ano e toda a comilança das coisas típicas de natal me fez ganhar alguns quilinhos, que perdi depois. Eu gosto de ter uma alimentação variada. Aqui em casa faço comida brasileira (arroz, feijão, legumes, salada, uma carne), italiana, um pouco alemã, com um toque asiático, etc., enfim gosto de ir variando. Quando vamos comer fora gosto de ir em um italiano, no asiático (adoro tailandês, vietinames, japonês), de carnes, francês.

 12 - Como é teu dia a dia e trabalho?

 Eu trabalho como guia turística em Berlim. Eu acompanho brasileiros (e também portugueses) em sua passagem por Berlim, mostrando a cidade, contando sua história e falando da vida, da cultura da daqui. Então meus dias são super atarefados, pois passo o dia fora e à noite vem a parte "administrativa", ou seja, enviar propostas, responder aos emails, fazer a manutenção do blog, escrever novos artigos, responder aos comentários, etc.

13 - Você está ansiosa pelas famosas feiras de natal, que começam a semana que vem?

 Sem dúvidas! Faz parte da tradição ir nas feiras, tomar um vinho quente, passar frio (rsrs). E são fofas - aquelas barraquinhas de madeira iluminada, a decoração, a árvore de natal que geralmente são pinheiros mesmo. Enfim, gosto muito deste período natalino aqui, é bem pitoresco.

14- Como é a ceia de natal em Berlim?

 É bem mais simples que no Brasil e não tem um prato típico e tradicional único - há alguns diferentes, que irão variar de lugar para lugar, de família para família. Mas no dia 25 já tem algo mais tradicional! Aqui ao invés de peru, o tradicional é o ganso.

15 - Você já conhece bastante da Alemanha ?

 Sim, já estive em muitas regiões e cidades. Há lugares lindos, cidadezinhas que parecem saídas de conto de fadas.

16- Qual foi para ti algum dos momentos mais marcantes e diferentes que já passou em Berlim ?

 Adorei estar aqui na Copa do Mundo de 2006, pois a Alemanha sediou a copa. Foi uma atmosfera muito agradável na cidade.

 17- Deixa o recadinho que quiser.

Meu recadinho: Venham conhecer Berlim e a Alemanha. Berlim é uma cidade onde o passado é muito presente - é uma livro de história a céu aberto. E ao mesmo tempo é uma cidade moderna, jovial, multicultural, tolerante. Berlim tem muitas facetas.

Pagina no Facebook: Simplesmente Berlim 
Blog: Simplesmente Berlim

Nenhum comentário:

Postar um comentário